• Facebook Page: 100000238138589&ref=ts
  • Twitter: ifscgaspar

acesso informacao

Conheça a história de irmãos que compartilham a experiência de estudar no Câmpus Gaspar PDF Imprimir E-mail

Neste dia 05 de setembro celebra-se o Dia do Irmão e para comemorar a data, resolvemos contar a história de alunos do Câmpus Gaspar que dividem com seus irmãos a experiência de estudar no IFSC. Mauro Sérgio Almeida, aluno da 5ª fase do curso superior de Tecnologia em Processos Gerenciais, tem uma família grande, são 16 irmãos. Desses, sete vieram com ele do Maranhão para morar em Gaspar e cinco dividem a mesma casa. A mudança para o Vale do Itajaí significou uma melhora nas condições de vida.

 

 

 

Mauro começou a fazer o técnico em Administração e assim que terminou o curso continuou seus estudos na área. O que serviu de inspiração para uma de suas irmãs mais novas: Maria de Jesus Almeida, que é atualmente estudante do técnico em Administração. “Eu sou o irmão mais velho dos que moram na mesma casa e sempre aconselhei meus irmãos. Sempre falei das oportunidades ofertadas e do prestígio que o IFSC tem e isso foi fundamental para que ela viesse estudar aqui”, explica Mauro.



Outros irmãos bastante conhecidos no Câmpus são Thomas e Vitor Starucka, alunos dos cursos técnicos integrados. Os gêmeos começaram a estudar juntos no técnico integrado em Informática e depois Thomas pediu transferência para o técnico integrado em Química. “No começo, muitas pessoas vinham conversar comigo achando que era meu irmão ou vinham me perguntar como eu estava em dois lugares ao mesmo tempo. Uma vez um professor veio falar comigo sobre um trabalho que meu irmão estava fazendo e eu nem sabia como responder. Hoje em dia, todos já estão acostumados”, comenta Thomas.

 

Alexandre e Giovane Anschau, agora alunos do curso superior de Tecnologia em Processos Gerenciais, também são gêmeos. “Eu comecei a fazer o curso e influenciei meu irmão a vir estudar aqui. Ele começou Análise e Desenvolvimento de Sistemas e depois pediu transferência para Processos Gerenciais. Quando ele começou já pude passar uma série de informações sobre o Câmpus, como funcionava, por exemplo, a biblioteca e tenho certeza que isso deu muito mais segurança para ele. Nunca paramos para pensar, mas acho que um dia poderíamos trabalhar juntos ou quem sabe abrir o próprio negócio”, afirma Alexandre.


Assim como Alexandre e Giovane, Ana Flávia e Lucas Fortunato têm uma vida bastante corrida, mas é no Câmpus Gaspar no período noturno, quando fazem o curso de Processos Gerenciais que, muitas vezes, eles se encontram. “É sempre bom saber que meu irmão está ali, as vezes um tem que entregar a chave de casa para o outro ou mesmo passar um recado. Somos muito próximos e hoje os amigos dele também são meus amigos”, comenta Ana Flávia.


Letícia e João Marcos Dalmolin também são muito próximos e apesar de não serem gêmeos as vezes alguém costuma perguntar se eles não seriam. “A nossa diferença é de dois anos e somos muito parecidos. Moramos em Ilhota e meu irmão sempre procurou uma escola que fosse referência na região e encontrou o IFSC. Por influência dele, vim fazer o técnico integrado em Química. Sempre quando tenho dúvidas, ele me ajuda. Eu sou mais das humanas e ele das exatas.”



Mayara e Franciele Gonçalves começaram o curso técnico em Administração juntas e agora estão se preparando para a prova do Enem para ingressar em um curso superior no IFSC. Nós moramos ao lado do Câmpus Gaspar e estamos gostando muito do curso. Eu nunca havia estudado com a minha irmã porque a nossa diferença de idade é de sete anos. Tem sido uma boa experiência, fazemos a maior parte dos trabalhos juntas”, explica Mayara.


Por Beatrice Gonçalves | Jornalismo IFSC

 

Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.